.

.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Deputada Júlia Marinho participa de reunião que pode criar Projeto de Assentamento em Redenção

Nenhum comentário :
Uma comissão de representantes das famílias que há mais de cinco anos residem na área de ocupação conhecida como “Curtifrance” esteve em Brasília, para conversar com a deputada Júlia Marinho e diretores da Indústria Frigorífica JBS. A área pode ser desapropriada e o Incra implantar um Projeto Casulo no local.

A comissão formada pelo vereador pelo Lázaro Marinho (PSC), vereadora Lucileide Bezerra (PT), e o advogado José Vargas, conseguiram, através da deputada Júlia Marinho, participar de uma reunião com o ouvidor agrário nacional, desembargador Gercino José da Silva. O encontro contou ainda com a participação do chefe do Departamento de Desapropriação do Incra, de Brasília, um representante da Prefeitura de Redenção e um do Grupo JBS. 
Na reunião o vereador Lázaro Marinho e a vereadora Lucileide falaram do grande anseio das famílias que residem na área denominada de Nova Conquista, em transformar o local em um Projeto de Assentamento. Conforme o vereador Marinho, foi conseguido um grande avanço no intuito da área ser desapropriada e o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra)  implantar no local um Projeto Casulo. A área de ocupação onde moram várias famílias de colonos fica às margens da Rodovia PA-287, a poucos quilômetros de Redenção. 



Júlia Marinho recebe vereador e Sec. de Saúde de Santana do Araguaia

Nenhum comentário :
Demonstrando ter profundo conhecimento dos problemas do sul do Pará, a deputada federal Júlia Marinho, tem procurado dar atenção a vereadores, secretários municipais, prefeitos e lideranças dos municípios da região que vão buscar soluções para os problemas de seus municípios.

Na manhã da última segunda-feira (24), a deputada participou de uma reunião com o vereador Beto Toledo e a secretária de Saúde, Fernanda Toledo, do município de Santana do Araguaia. A reunião que aconteceu em Belém, contou também com a participação do vice-governador Zequinha Marinho.
No encontro, o vereador Beto Toledo solicitou a deputada, a destinação de emendas parlamentares para a construção da Casa do Idoso e a reforma da maternidade municipal. A secretária de Educação, Fernanda Toledo falou da urgente necessidade, não só da maternidade ser reformada, como também do hospital municipal. “Deputada, existe uma grande necessidade da maternidade do hospital ser reformada, para que a população feminina possa ter um atendimento de melhor qualidade e mais humanizado’’, disse Fernanda.

Júlia Marinho disse que conhece a realidade da unidade hospitalar de Santana do Araguaia, e que vai providenciar o recurso, para que a população usuária do serviço público de saúde do município, seja beneficiada com a importante obra. “Eu conheço a realidade não só da maternidade, mas também da estrutura do hospital municipal de Santana do Araguaia e, pode ter a certeza que estaremos destinando recursos para que  obra de reforma da maternidade aconteça’’, garantiu a deputada.

Mulher presa é acusada de vender droga na “Boca do Lixo”

Nenhum comentário :
:  Naiane da Silva Costa, 29 anos, residente em Conceição do Araguaia, foi presa numa ação conjunta das polícias Civil e Militar, na noite do último sábado( 22). A prisão ocorreu durante o trabalho de ronda ostensiva nas ruas de Redenção.
De acordo com informações da polícia, a mulher foi presa quando tentava passar drogas para usuários que vivem perambulando pelos arredores do Terminal Rodoviário de Redenção, local conhecido como “Cracolândia” e “Boca do lixo”.

Durante a abordagem policial estava em poder da acusada, 10 pedras de crack, que estavam escondidas dentro de um recipiente plástico, que a acusada ainda tentou descartar, ao ver a aproximação da polícia. A acusada negou ser vendedora de drogas, mas apenas usuária, e que a droga seria para o seu consumo. A história mal contada não convenceu os policiais, que levaram a mulher para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuada pelo crime de tráfico de drogas pelo delegado Igor Canguçu. Dinho Santos 

Homem é preso após furtar bebida alcoólica em supermercado

Nenhum comentário :
O servente de pedreiro, Manoel Pereira da Silva, 33 anos, residente no Setor Morada Nova, em Marabá, foi preso na manhã do último domingo (23), pela acusação de furto a um supermercado em Redenção. A polícia garante que ele é contumaz na prática deste crime.


A prisão foi efetuada pela Polícia Militar, composta pelo sargento Azevedo e cabo R. Luz, no momento em que o acusado saía do Supermercado Araguaia, na Avenida Brasil, carregando três garrafas de bebida alcoólica em uma mochila. A polícia foi acionada pela direção do supermercado depois que um funcionário percebeu a atitude suspeita do acusado. Silva já tinha passagem pela polícia de Redenção pelo crime de furto.
De acordo com o cabo R. Luz, o elemento é contumaz na prática do delito e já se tornou um velho conhecido da polícia de Redenção, e sempre utiliza uma mochila para furtar objetos de supermercados. “Ele entra com uma mochila nas costas, coloca os objetos na bolsa, e sai de forma tranquila pelas portas dos supermercados, às vezes passando até no caixa com um objeto de pouco valor para maquiar o furto”, relata o policial.
Para a reportagem o acusado tentou explicar o inexplicável, dizendo que foi vacilo dele, roubando as garrafas de bebidas. “Eu não sei o que me deu na cabeça para praticar esse furto, não sei mesmo, roubar essas besteiras”, afirmou o acusado que foi apresentado ao delegado Igor Canguçu, e autuado pelo crime de furto. Dinho Santos


“Operação Sétimo Dia” Marcondes Turismo foi apontado como culpado pela polícia

Nenhum comentário :
Sete meses após o início das investigações, o delegado Washington de Oliveira conclui o inquérito policial de janeiro deste ano, sobre a “Operação Sétimo Dia”  que resultou na prisão de João Carlos Chaves de Oliveira, conhecido como “Marcondes Turismo”, à época, diretor dos cemitérios de Redenção.

De acordo com o relatório do delegado Oliveira, entregue à Justiça, o ex-diretor  cometeu o crime de peculato e concussão. A autoridade policial solicitou a prisão preventiva do acusado, que no tempo em que ocorreu a operação, chegou a ficar preso no Centro de Recuperação Regional de Redenção.
No inquérito policial, Marcondes é apontado como o chefe de um esquema implantado dentro dos dois cemitérios municipais, onde era feita cobranças indevidas para sepultamentos, construção de túmulos e mausoléus nos cemitérios. Conforme a polícia, Marcondes  era na época o responsável pela administração dos cemitérios e seria o mentor do esquema implantado, onde funcionava o sistema de cobranças indevidas, que foram confirmadas pelo delegado, através de depoimentos de pedreiros que prestavam serviços nos cemitérios.
Em janeiro de 2015, a Polícia Civil recebeu  denúncias de que familiares de mortos estariam sendo obrigados a pagar propina para sepultar seus entes queridos, ou fazer benfeitorias nos túmulos e que era Marcondes, quem recebia o dinheiro cobrado. 
Testemunhas:  Durante o inquérito policial o delegado Oliveira ouviu pedreiros que trabalhavam no cemitério e familiares de  pessoas sepultadas, que confirmaram que foram obrigadas a pagar taxas para sepultar e construir túmulos nos cemitérios. Durante as investigações, o pedreiro Antônio Alves de Souza, disse em depoimento ao delegado que nos anos e 2013 e 2014, repassou para Marcondes, como pagamento de propina, mais de R$ 54 mil, dinheiro arrecadado de serviços feitos nos dois cemitérios de Redenção.  A investigação policial revelou  que o ex-diretor recebeu 209 taxas de sepultamento e não repassou o dinheiro aos cofres públicos.
Devolução: Além do pedido de prisão preventiva, o delegado Oliveira solicitou à Justiça que o ex-diretor faça o ressarcimento aos cofres públicos no valor de R$ 91.437,09, que segundo o delegado, foi adquirido de forma fraudulenta por Marcondes Turismo. 
Denúncia de vereadores: Meses antes da operação “Sétimo Dia”  ser deflagrada pela Polícia Civil, os vereadores, Mazinho do PT e João Lúcio, denunciaram o esquema fraudulento na Tribuna da Câmara Municipal e  solicitaram a exoneração de Marcondes, que foi mantido no cargo pelo prefeito Vanderlei Coimbra, até no dia em que estourou o escândalo do “defuntão”, como ficou conhecido o esquema que virou caso de polícia. Dinho Santos   


Polícia Civil tira mais um traficante de circulação

Nenhum comentário :
A Polícia Civil de Água Azul do Norte, prendeu um homem acusado de estar comercializando drogas na cidade. A prisão ocorreu na tarde do último domingo (23), durante a Operação “Bota Fora”, deflagrada no mês passado com objetivo de inibir a ação de traficantes.
Odair Ramos Braga foi preso pelo investigador Ricardo, que há mais de 30 dias vinha monitorando o acusado depois de receber informações de que ele vinha vendendo droga em Água Azul. A prisão ocorreu no  momento que Braga passava uma certa quantidade de maconha para um usuário.  
Na casa do acusado o policial encontrou várias trouxinhas de maconha escondidas dentro de um tênis, além de embalagens plásticas utilizadas para manusear o produto entorpecente. O acusado foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil de Xinguara, onde foi enquadrado pelo crime de tráfico de drogas e aguarda decisão da Justiça. Dinho Santos


Alex Santiago assina CPIs e faz discurso de oposição na Câmara

Nenhum comentário :
O vereador Alex Santiago (PRP) surpreendeu os vereadores que integram a base aliada do prefeito Vanderlei Coimbra e também os da oposição ao assinar o requerimento para a criação de duas Comissões Parlamentar de Inquérito.


A assinatura do requerimento ocorreu na sessão ordinária da última quinta-feira (20), e foi muito comemorado pelos vereadores da base de oposição. 

Filiado ao mesmo partido do gestor municipal e um dos principais responsáveis pelo projeto político que projetou e contribuiu para que Vanderlei Coimbra se elegesse prefeito de Redenção, Santiago deu plena demonstração de insatisfação com a administração “levada a sério” e adotou uma postura de vereador de oposição. Com um discurso cheio de criticas, Alex reconheceu que o vereador Leonardo da Saúde, estava correto ao dizer que a área da saúde não está funcionando da forma como fora prometido durante a campanha eleitoral e da forma como a população do município merece e tem por direito. ‘’Eu diariamente vivo servindo as pessoas, levando ás aos postos de saúde, aos hospitais e percebo que realmente existe a falta de medicamentos e também falta de profissionais na rede hospitalar’’, disse Santiago. A postura do edil, deixou transparecer aos companheiros de parlamento e ao público que participava da sessão, que ele caminha para  buscar sua independência partidária e abandonar o atual administração. O vereador Pedro Lima, foi um dos que mais comemorou o discurso nos moldes de oposição. ‘’Seja bem vindo vereador Alex Santiago, ao grupo da oposição, ainda bem que você reconheceu a tempo que as coisas não andam bem nesse governo’’, disse Pedro Lima.